h1

Bacalhau espiritual

Abril 7, 2008

O sucessor espiritual do Factor F já está online.

Traunseuntes na rua dizem que este sucessor se parecia com um bacalhau se bem que especialistas afirmam se r uma espécie de atum.

h1

Clica-me aqui

Janeiro 5, 2008

Como hoje em dia os meus divertimentos são escassos, façam um homem feliz e aumentem a população virtual da minha aldeia também ela virtual:

aldeia-velha.myminicity.com (basta clicar)
Não vai acabar com 21% de IVA, não vai acabar com o barril de petróleo a 100$ p’rós sheiks andarem de bikini de diamantes, não vai servir p’ra mandar o Sócrates p’rá rua e nem sequer vai servir p’ra vos acabar com os chatos (estejam eles na zona genital ou na porta do lado), mas pelo menos fazem um homem feliz :p

h1

A lata do Spam

Novembro 19, 2007

Ulimamente no meu mail o spam que tenho recebido é à vontadinha 99% sobre obter um pau de metro meio (tamanho mínimo).

Isto foi obviamente uma coisa que me pôs a pensar (não vão para a piada óbvia se fazem favor).

Eu dantes recebia milhentos e-mails dum africano ou romeno ou raio que o parta a dizer que tinha não sei quantos milhões de dólares que não podia levantar vá-se lá saber porquê, e mais umas centenas a dizer que tinha ganho uma lotaria do catano e que estava rico. Ora, percebe-se que o animal spammer mande destes mails pois muita gente com aquela clicava coisa do: “Epá isto não vá a ser verdade deixa cá clicar p’ra ver se ganho dinheiro p’ra ter dinheiro todos os meses p’ra mais qualquer coisa que a renda, o gás natural, electricidade, água e 21% de IVA, pode ser até que dê p’a tirar o filho da arrecadação e mudar-me p’a uma casa com 2 quartos, pode ser que até tenha casa de banho!”

Agora se um gajo só recebe mails sobre como obter um mangalho de metro e meio isso só quer dizer uma coisa! Ou duas… se calhar são duas… Ou as marcas de jeans querem publicitar umas novas calças para homem com um quartinho na braguilha p’rós bichos maiores ou então para muita gente é mais importante um poste de iluminação nas calças (traças não incluídas) do que ter dinheiro p’a comprar luxos (que em Portugal devido a termos 21% de IVA sobre tudo o que compramos será p’raí um chupa-chups).

E após leitura cuidada de vários desses mails (sim, às vezes como diversão leio spam mail, eu sou uma pessoa doente) concluo que para além de ter o dito cujo a dar a volta à rua também é muito importante meter a rapariga a gritar de maneira a ser o tema de conversa da reunião de condomínio. Ora isso não apanha ninguém porque muitos tugas já metem a mulher a gritar todos os dias das berlaitadas que levam quando não limpam a casa.

E há ainda que pensar em todas as mulheres deste mundo que recebem estes mails, se calhar por isso é que a taxa de mulheres a querer mudar de sexo aumenta todos os dias, se eu recebesse mails todos os dias p’a ter uma vagina cromada e com detalhes a banho de ouro também pensaria que estava algo de errado comigo e consideraria uma mudança de sexo.

Passo então a dar uma sugestão aos spammers: epá, pessóal se querem meter as inocentes pessoas a clicarem nos vossos links p’a ganharem o vosso e p’a nos foderem o pc com spyware e vírus façam uns mails do género:

“Queres que o Sócrates e o amigo vão p’rá rua? Clica aqui!!” e metam o link p’ró bichinho ali. tenho a certeza que o primeiro a implementar este sistema recebe nove milhões, novecentos e noventa e nove mil e novecentos e noventa e nove cliques.

E acabo este post com uma notícia chocante: O rei de Espanha mandou calar o presidente venezuelano! Agora só falta alguém manda calar o Sócrates, o Bush, mudarmos todos para energias renováveis para metermos os terroristas a beberem petróleo, mandar alguém a Marte para arranjarmos mais espaço para a população mundial, acabar com as piadas sobre o tamanho do pénis e a raça humana já terá passado para o próximo passo da evolução.

h1

TV, quem te viu e quem te vê

Novembro 7, 2007

Uma pessoa dá conta de que algo de errado se passa com a TV (quiçá com o país e porque não com esta sociedade) quando em vez de se esperar que os anúncios acabem para ver os programas se espera que os programas acabem para ver os anúncios.

Nem os Gatos que cheiram mal se safam, desde que foram p’ra RTP1 que aquelas piadas não andam a cheirar bem não…

OK, tudo bem a piada política é uma coisa que é preciso e tal, mas rapazes, isto  não é o que vocês faziam na sic radical e não é concerteza o humor mais adequado para vocês.

(Epá, aquele parágrafo parecia encomendado pela SocraPIDE, mas na realidade é apenas uma tentativa de salvar 4 dos melhores humoristas de Portugal dos seus intragáveis programas. Aqueles momentos musicais vão ser os tesourinhos deprimentes do “Tigre com cheiro algo desagradável” no ano de 2100) .

Voltando à temática principal: será que se uma pessoa não visionar (zing! são os grandes verbos em grande no Factor F!) televisão pode pedir isenção da taxa de radiodifusão na factura da EDP, é que sinceramente eu não vejo televisão nem que me paguem!

h1

Calippo a concurso

Novembro 7, 2007

O Custódio, do blog dinheiroOportunidade.com, um blog sobre como ganhar dinheiro na internet (isso é possível?), está a organizar um concurso com um prémio de 1000 Euros (p’ra quem não sabe quanto dinheiro isto é, é mais ou menos aquilo que a alfândega me obriga a pagar cada vez que me oferecem coisas dos Estados Unidos).

Aqui está o post que acho merecedor deste prémio (porque recordar é viver e neste caso são uns potenciais 1000 euros):

 

“Pois é, o Verão já aí está, mas claro que nós como bons alunos não podemos aproveitá-lo, porque temos de estudar.

Era para se rirem… era uma piada a sério, riam-se. Façam um homem feliz .

Estava eu a estudar muito afincadamente quando me lembrei: “Ó Tiago, podias ir ali à rua e comprar um gelado!”, e se bem o pensei, mais certo o fiz. E lá fui eu.
Indeciso perante a panóplia de gelados existentes escolhi um favorito de todos os tempos e deveras inapreciado pelos pais. “Não comas esse.”, “Esse não presta.”, “Isso é só água, compra um dos outros.”, que gelado gera esta insatisfação parental? Pois é, o Calippo.

Saí eu do café onde tinha comprado o dito gelado e depois de meia hora a apertar a embalagem para o gelado sair de fora, dei-me conta de uma analogia terrivelmente assustadora. Será por causa disso que os nossos pais tanto nos chatearam na juventude quando queríamos comer este fresquíssimo gelado?

Ora… é uma forma fálica e na maior parte das vezes até se consegue vislumbrar algo parecido com uma pequena cabecinha… e chupa-se e lambe-se.
Nesta altura comecei a esconder o meu gelado lentamente com medo que alguém me visse a comer aquilo, mas escondê-lo aonde? (nada de ideias engraçadas… fálico, fálico, mas não é pa enfiar aí, a não ser que algum de vocês goste de uma enorme sensação de frescura pelo rabo acima, e nesse caso matem-se.)

Não será o Calippo uma conspiração da Olá fabricada apenas para as pequenas criancinhas saberem desde novas o que fazer em certas e determinadas situações da vida?
Ok… eu não me importo com isso. Até parece fixe, pelo menos não é preciso andarem por aí a ler a Maria para aprenderem estas coisas. Aí nesse preciso momento lembrei-me:”Mas espera eu sou um rapaz, eu estou a comer um Calippo. Não são só pessoas do sexo feminino que comem isto.”

Pois é, o Calippo é uma arma de treinamento sexual deveras perigosa, porque serve também os interesses de todos os abichanados por aí. E desconfio até que possa actuar inconscientemente e tornar um heterossexual num homo… num homo… homo… homem… NUM BICHANO PRONTO!!!

Nunca mais vou comer Calippos na minha vida, e espero que vocês (do sexo masculino) também não.

Lembrem-se sempre que comer um Calippo gera uma espécie de magnetismo a todos os boiolas que vos estejam a observar.

Recomendo Cornettos a todos os que têm o meu dilema (pelo menos o cone é um buraco e lambe-se >_>)”

Mas é que é mesmo excitante ver uma gaja a lamber um Calippo de morango! É isso e ver ver gajas a verem anime com meias às riscas!

h1

O Factor F, sucesso internacional

Março 29, 2007

Pois é, tendo em conta o sucesso já internacional de “O Factor F” a RTP decide agora plagiar este espaço criando o Factor M.

A RTP para esconder este plágio decide apenas mudar certos aspectos do “Factor F”, tais como dirigir o programa para mulheres em vez de para homens de barba rija que bebem absinto ao pequeno almoço com torradas, e em vez de terem um anfitrião carismático como eu, metem a Merche.

Sobre o programa pode-se ler:

Mudança escreve-se com M.

M de manhã, M de moderno,

M de moda, M de mulher,

M de música e de miúdos,

M de mundo, M de magnetismo,

(será que este programa é um spin-off de “O Bom Português”?)

M de movimento…
(as reticências para o suspense!)

Magazine escreve-se com M,

(outra vez a referência ao bom português afinal…)

M de Merche!

(O que é uma Merche? Não acho no dicionário!)

Enfim, M de mulher, M de Merche, M de Mais uma merda de programa na TV (como é que se esqueceram deste?)

h1

Ah e tal, magic

Março 6, 2007

Bem, isto hoje não é bem um post como é uma espécie de anúncio publicitário sem vergonha 😛

Para todos os que joguem ou se interessem pelo jogo Magic: The Gathering, comecei hoje uma webcomic sobre esse jogo. Dêem uma espreitadela e/ou avisem os vossos amigos (estava só a brincar, eu sei que quem lê este blog não tem amigos!). Aqui está o link: Breaking the Magic, leiam, divirtam-se e se se sentirem com vontade de dar umas opiniões (acerca do site ou da comic) não se sintam acanhados!