h1

Pita Shoarma

Agosto 10, 2006

Sempre me indaguei…
Sempre me indaguei porque aquela comida dos restaurantes do médio oriente se chamava “Pita Shoarma”.

Primeiro disseram-me “Ah é porque isso é feito de carne de pita.”
De momento concordei, mas quando me pus a pensar no assunto aprofundadamente apercebi-me da impossibilidade, inclusive do ridículo, desta explicação.
Ora… toda a gente sabe que as pitas (nome científico: Pita No Sapiens) são carne para canhão. São comidas à força toda e por todo o orifício possível e inclusive por uns impossíveis pelos chamados por elas: ” Gajuh maix prefeitouh da mina vida! :D” vulgo: “Sacanas do caralho”. Isto é algo natural, é como o leão que come a gazela, é um ciclo (É O CICLO SEM FIMMM!!!! Rei leão amo-te!!), é a única maneira dos “sacanas do caralho” comerem qualquer coisita que não seja a própria mãe e a irmã quando estão a dormir, e funciona como catalisador para as pitas:

a) Ainda se tornarem mais pitas, e continuarem a procurar o “home da xua vida”, apesar de apenas serem usadas como preenchimento para as noites fora de casa dos “sacanas do caralho”.

b) Tornarem-se na sub-raça: pita-gó aka: “Não amo ninguém, tudo é negruh! Não quero mais sentir o amor” vulgo .. coff, ok isto ia ser muito forte p’ra dizer, digamos antes: salsichinha. Claro que estas continuam a ser comidas por sacanas apenas pertencem a uma sub-raça diferente: “Eu não sou como os outros, todo o eu sou negro, e cheio de escuridão”, também conhecidos por virgós (virgens + gós), a seguir a comerem a pita-gó transformam-se em sacanas.

Voltando à explicação da nomenclatura culinária, foi-me também explicado que Pita era na realidade o nome do pão, mas sinceramente esta explicação está muito mal feita. Sim de facto as pitas são muito fáceis de abrir, como esse tal pão, mas não vêm com picotado.

Ocorreu-me então que as pitas são muito mais parecidas com o “Shoarma” (aquela carne que tá no espeto e sempre a rodar naquela espécie de solário para carnes), estão sempre a rodar, por muito que evitem, a sua relação com o espeto é sempre inquestionável e de 5 em 5 minutos há um gajo qualquer com mau aspecto a vir tirar uma fatia.

Shoarma em médio orientês deve querer dizer pita! Isto deixa-nos prever que o nome Pita shoarma é de facto uma redundância devendo ser chamado “Pita pita”.

Finalizo apontando para o facto que o “Shoarma” é feito com carne de porco, corrijo, de porca. Isto não é por nada uma surpresa, pois as pitas SÃO umas porcas, sempre com as mãos no chão e a meterem coisas na boca (incluindo calippos).

Parvo Na Cadeira
Quem tem pita sempre apita

No próximo episódio d'”O Factor F” não perca:

– Más eu txi amuh Clárisábéu!
– Nóis somu irmãu!!
[[Música dramática!]]
– O Epá é uma insinuação clitoriana!
– Epá!
[[Risos]]
– Mãe eu vim do espaço.
– Não filho, vieste do papá, que deu uma sementinha à mamã!😀
– Mas mãe o pai é eunuco.

DRAMA! EMOÇÃO!! O FACTOR F!

Não perca o próximo episódio, porque nós [[suspense]] também não!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: